Tipos de Marketing: As 45 Principais Estratégias Usadas [2020]

210
principais tipos de marketing

Já lhe pensou para pensar em quantos tipos de marketing existem? 

É surpreendente. 

Basta digitar o termo “marketing” no Google e você verá várias estratégias de marketing diferentes. 

Por que existem tantos Tipos de Marketing?

Porque o marketing vai se moldando, de acordo com as mudanças de comportamento da sociedade e do mundo, como um todo.

Portanto, quando se trata de comercializar seus negócios, você tem muitas opções para escolher e é difícil saber o que fazer – especialmente se você não tiver uma grande equipe para recorrer. 

Por isso, decidimos montar uma lista épica de 45 tipos de marketing diferentes que você poderia experimentar. 

Quer um Ebook GRATUITO com as 152 melhores estratégias de Marketing Digital de 2020?

45 Principais Tipos de Marketing

1. Marketing Digital

Marketing Digital é o tipo de marketing que engloba o conjunto de táticas digitais que negócios (ou pessoas) utilizam para atingir seus objetivos de marketing.

Essas táticas são implementadas por meio de canais como SEO, mídia paga, e-mail e seus principais objetivos são: adquirir clientes, desenvolver uma marca e se conectar com o público-alvo.

Um projeto de marketing digital pode gerar resultados rapidamente.

O marketing digital é mais barato que o tradicional e pode trazer um ROI imenso.

Talvez essa seja a vantagem que mais chama atenção de quem tem interesse em começar a investir no marketing digital.

2. Marketing de Mídias Sociais

O marketing de mídia social é um dos tipos mais populares e eficazes de estratégias de marketing. E não é difícil entender por que, quando mais de 2,8 bilhões de pessoas usam as mídias sociais.

Isso representa aproximadamente 37% da população mundial!

Acrescente a isso o fato de que todos os sites de notícias de marketing digital respeitáveis ​​oferecem suporte ao marketing de mídia social.

É praticamente garantido que o marketing de mídias sociais melhora seu nível de engajamento e reconhecimento da marca.

A mídia social também abrange uma grande variedade de lugares onde as pessoas são sociais e interagem umas com as outras. 

Muitos desses lugares também apresentam oportunidades para as empresas.

Portanto, não importa quem seja seu público-alvo, você poderá alcançá-los e interagir com eles!

Mas, apesar de ser um dos melhores tipos de estratégias de marketing, isso não significa que é sempre fácil.

No entanto, lembre-se de que os desafios que a mídia social coloca podem ser superados, especialmente com alguma ajuda.

Como dissemos, existem muitos profissionais de marketing nas mídias sociais.

Então você terá que investir muito tempo para competir com as várias empresas do mercado. 

Ou trabalhe com especialistas em mídias sociais que podem ajudá-lo a eliminar todo o ruído branco.

O SMM forma um relacionamento simbiótico com seus outros esforços de marketing. Você pode combiná-lo com outras formas de marketing de conteúdo, como fotos, vídeos, links do site, etc

3. Email Marketing

O email marketing é um dos tipos de estratégias de marketing que funcionam muito melhor do que sua contraparte tradicional (o correio tradicional). 

Por um lado, reunir endereços de email é muito mais fácil do que reunir endereços físicos. 

E dois, os custos são muito mais baixos porque não há custos de impressão e postagem com o marketing por email. 

O envio de e-mails é praticamente gratuito em comparação ao envio de correio!  

Todos os tipos de estratégias de marketing digital têm muita concorrência, mas isso ocorre porque eles funcionam muito bem!

De qualquer forma, a concorrência é inerente ao email marketing. A maioria das pessoas recebe centenas de e-mails de marketing todos os dias de diferentes empresas. Isso se deve em grande parte aos programas de marketing por e-mail em massa que podem enviar centenas de e-mails instantaneamente.

Se você não tomar cuidado, o email marketing pode prejudicar a imagem da sua marca.

O envio inconsistente reflete mal em uma empresa. Mas com isso dito, você também deve equilibrar o número de mensagens enviadas para não enviar spam.

Aproximadamente metade de todo o tráfego da Internet vem de um dispositivo móvel. Para deixar uma boa impressão, seus e-mails devem ter um design responsivo para celulares.

Por outro lado, o marketing por email pode ajudar sua marca,se bem feito. Fazer da maneira certa significa direcionar continuamente as pessoas para o seu site em seus e-mails. 

Isso manterá seus negócios na mente de seus leitores. E quando estiverem prontos para comprar algo que você fornece, eles pensarão em você primeiro.

4. Marketing Viral

O marketing viral é o ato de espalhar uma mensagem rapidamente por várias redes de mídia social. O objetivo do marketing viral é aumentar o conhecimento da marca … rapidamente.

As campanhas de marketing viral não duram muito, mas podem ser extremamente eficazes.

Por exemplo, à primeira vista, parece que a música Gangnam Style se tornou viral por acidente em 2012.

Na realidade, a enorme popularidade da música foi o resultado de uma sólida campanha de marketing viral que foi incrivelmente bem executada (pela gravadora sul-coreana YG Entertainment).

5. Marketing Gerado pelo Usuário

Marketing gerado pelo usuário é qualquer estratégia de marketing que permita aos consumidores participar de uma campanha de marketing.

Ao criar uma experiência mais interativa e envolvente para um público-alvo, o marketing gerado pelo usuário é tanto um exercício de relações públicas quanto qualquer outra coisa. É uma tática econômica que pode transformar um negócio em uma marca.

Uma marca pode iniciar uma discussão sobre um tópico popular nas mídias sociais e gerar engajamento. Não precisa ser sobre um produto ou serviço específico; a eficácia da estratégia está na visibilidade da marca na conversa. 

6. Marketing Boca a Boca

O marketing boca a boca ocorre quando clientes satisfeitos recomendam uma marca, produto ou serviço sem que a empresa faça qualquer coisa. Claramente, é um dos melhores tipos de marketing.

Se você já entrou em uma loja da Apple, saberá que pode brincar com qualquer um dos seus gadgets em um ambiente gratuito e sem vendas. E, como seus produtos são muito bons, essa combinação faz as pessoas felizes e as faz falar sobre com os amigos.

7. Marketing Esportivo

Uma campanha de marketing esportivo gira em torno do uso de um evento ou equipe esportiva para promover um produto ou serviço. Muitos esportes têm um apelo global massivo, que por sua vez pode ter um impacto nas vendas.

8. Marketing de Afiliados

O marketing de afiliados é o ato de comercializar a marca, site, produto ou serviço de outra pessoa em troca de uma comissão. A receita gerada pelas comissões é baseada no desempenho do afiliado. 

Quanto mais bem-sucedido um afiliado consegue no marketing de afiliados, mais o afiliado será pago.

9. Marketing Secreto

O marketing secreto está usando a intriga para atrair o interesse por algo. O marketing secreto é projetado para provocar as pessoas e explorar o desejo humano de saber mais. 

Os consumidores geralmente ficam mais envolvidos quando os profissionais de marketing revelam informações parciais sobre um produto e não entregam o jogo inteiro.

10. Marketing Vertical

Um mercado vertical é um mercado ou nicho específico; portanto, o marketing vertical é qualquer material de marketing direcionado a um grupo específico de pessoas.

Considere uma empresa que produz shakes de proteína. Dois mercados verticais poderiam ser ginásios e lojas de produtos naturais. Eles devem usar diferentes campanhas verticais de marketing para se envolver nesses dois lugares diferentes

11. Marketing Horizontal

O marketing horizontal acontece quando uma empresa se une a outra empresa que opera em um nicho relacionado para comercializar um produto ou serviço. Ao colaborar e reunir recursos, a idéia é atrair um grande público e maximizar o potencial de ganhos.

12. Marketing Orientado a Testes

O marketing orientado a testes é o tipo de marketing que tem tudo a ver com o uso de resultados de testes para convencer os consumidores a comprar um produto ou investir em um serviço. A ideia é que uma empresa tente identificar possíveis objeções sobre um produto ou serviço.

Em seguida, eles devem executar testes e usar vários elementos de prova para esclarecer os recursos do produto e os USPs (unique selling propositions). Por sua vez, isso deve aumentar as vendas.

Qualquer página de vendas que possua uma grande variedade de perguntas frequentes indica que um produto foi testado completamente. As perguntas frequentes são os resultados desses testes. A copy em uma seção de Perguntas frequentes é de marketing orientado a testes. 

13. Marketing Técnico

Marketing técnico é o tipo de marketing que se concentra nas principais especificações e recursos de um produto.

Normalmente, o marketing deve evitar o uso de jargões ou informações privilegiadas. Mas, crucialmente, o marketing técnico é projetado para atrair pessoas com uma apreciação técnica básica de um produto ou serviço. 

O marketing técnico é o tipo de marketing usado quando uma visão geral e conceitos básicos e gerais de um produto não impressiona o público-alvo.

Por exemplo, alguém que compra uma TV cara pode se sentir confortável com informações técnicas sobre resolução de imagem, densidade de pixels e taxas de processamento. 

14. Marketing de Escassez

O marketing de escassez é o tipo de marketing que capitaliza o medo do cliente de perder alguma coisa. É baseado no princípio psicológico de que as pessoas querem o que é difícil de adquirir.

As lojas sempre têm vendas que terminam em breve. Ou eles oferecem descontos que expiram em uma determinada data. Alguns criam apenas uma gama limitada de produtos. Você já viu uma placa dizendo ‘pressa enquanto durarem os estoques’?

15. Marketing de Varejo 

O marketing de varejo é a promoção de bens e serviços em um ambiente de varejo. É um termo muito amplo que abrange marcas, preços, embalagens e promoções. 

Marketing de varejo é outro nome para o marketing de compradores 

16. Marketing Direcionado

Marketing direcionado é um marketing extremamente focado em um público bem definido. O sucesso de uma campanha de marketing direcionada depende muito da capacidade de alcançar esses clientes em potencial.

17. Marketing Sincronizado

O marketing sincronizado é a arte de oferecer algum tipo de oferta ou promoção de preços em setores que não vêem vendas estáveis ​​o ano todo.

Veja uma empresa que vende piscinas, por exemplo. Durante o inverno, uma empresa de piscinas não vende muitos produtos. No entanto, no verão, eles fazem mais vendas. 

A demanda irregular é um problema para todos os negócios, porque é difícil prever receita. O marketing sincronizado ajuda a criar demanda fora de época, equilibrando um pouco os a receita das empresas.

18. Marketing de Guerrilha

O marketing de Guerrilha trata de publicidade de produtos de formas não convencionais em locais públicos. É uma ótima maneira de captar a atenção e melhorar a imagem da marca.

Por exemplo, a cantora Anitta quando lançou seu álbum Checkmate espalhou peças de xadrez em pontos turísticos de São Paulo. 

19. Marketing Furtivo

Também chamado de Product Placement, O marketing furtivo é o tipo de marketing que está anunciando algo para as pessoas, sem que elas percebam.

Se você está assistindo algo na TV e vê um produto de marca escondido sorrateiramente em segundo plano, é uma forma de marketing furtivo.

20. Auto-Marketing

Auto-marketing é o processo de promover uma pessoa ao invés de um produto. É eficaz porque é mais provável que os leads comprem de uma pessoa que eles conhecem e confiam do que de uma marca sem rosto.

21. Marketing Comportamental

O marketing comportamental é o marketing para consumidores na internet, o marketing comportamental usa tem como base o comportamento do público em toda a internet.

É uma estratégia de marketing online. 

Normalmente, comportamentos que acionam uma certa mensagem de marketing seriam quando alguém: clica em um link, visita uma determinada página da web, faz o download de um PDF, compra alguma coisa, compartilha ou curte uma postagem nas mídias sociais.

Você já pesquisou por alguma coisa no Google e magicamente você começa a ver anúncios sobre aquela mesmo assunto? Isso é o marketing comportamental que a internet proporciona.

22. Marketing de Buzz

Marketing de Buzz é aquele que procura induzir drama, entusiasmo e expectativa sobre um produto.

Quando funciona, o buzz marketing é incrível.

O problema é que, se você errar uma campanha, tudo pode falhar. Um resultado ruim pode até causar estragos na imagem da sua marca.

23. Marketing de Apelo à Ação (CTA)

Esse é o nome dado a qualquer material de marketing online que solicite que alguém tome uma ação específica

Portanto, estamos falando de banners, botões, cópias ou gráficos que solicitem aos usuários que façam algo (como baixar um PDF, assinar uma newsletter ou clicar em um link).

24. Marketing Comunitário

O marketing comunitário acontece quando uma empresa usa as histórias dos clientes sobre um produto ou serviço em uma campanha promocional. É o marketing que visa criar um vínculo mais profundo entre uma empresa e seus clientes. 

É muito eficaz porque as pessoas são reais.

Quando eles falam sobre suas experiências, ajuda os não clientes a se identificarem com o produto com mais facilidade. Eles podem se ver sentindo e experimentando as mesmas coisas.

25. Marketing Personalizado 

Assim como parece, o marketing personalizado gira em torno da criação de mensagens personalizadas para os clientes.

Sendo a lógica, quanto mais relevante um negócio pode ser para uma pessoa, maior a chance de venda. Não há dúvida de que o marketing personalizado é incrivelmente eficaz; o problema com ele é de escalabilidade.

26. Remarketing

O remarketing ajuda as empresas a se comunicarem com pessoas que já visitaram um site. É poderoso porque, se alguém já esteve em um site antes, está predisposto a essa marca. 

Em outras palavras, são boas perspectivas

Quando você está executando uma campanha de publicidade no Facebook, pode optar por exibir anúncios para pessoas que visitaram seu site, ou determinadas páginas dele. O Facebook consegue fazer isso através do Pixel.

27. Marketing de Relacionamento

Marketing de relacionamento é estabelecer, manter e nutrir relacionamentos com os consumidores. É um jogo de longo prazo que foca na lealdade e no envolvimento do cliente, em vez de na aquisição.

A lógica por trás do marketing de relacionamento é que ele fornecerá clientes repetidos que gerará mais receita do que uma venda única. Também funciona porque o senso comum determina que custa mais adquirir novos clientes do que manter os que você tem. 

28. Marketing Multinível 

O marketing multinível é uma maneira de ganhar dinheiro vendendo produtos para os consumidores e recrutando outras pessoas para fazer o mesmo. Também chamado de marketing de rede, o marketing multinível é mais um modelo de negócios do que uma estratégia.

O objetivo é criar dois fluxos de receita. Idealmente, os lucros são gerados por meio de vendas diretas de produtos, mas também por meio de uma rede de pessoas em sua equipe que estão fazendo o mesmo.

Os membros da equipe obtém uma porcentagem diferente da receita, dependendo do nível em que estão, mas também podem criar suas próprias equipes. 

29. Marketing em Tempo Real

Marketing em tempo real é qualquer estratégia de marketing que use informações atualizadas. Você não pode planejar o marketing em tempo real.

Em vez disso, uma estratégia de marketing em tempo real deve se concentrar nas tendências atuais.

Um pop-up com intenção de saída em um site é um bom exemplo. Existem pop-ups para capturar informações sobre um cliente em potencial, como um número de telefone ou endereço de email.

30. Marketing Promocional 

O marketing promocional visa oferecer aos clientes um motivo extra para a compra de um produto ou serviço. Estratégias típicas de marketing promocional incluem concursos, brindes, descontos e amostras.

31. Marketing Pós-Clique

O marketing pós-clique é aquele que envolve os visitantes do site após clicarem em um anúncio online. Os profissionais de marketing digital estão obcecados com quantos cliques eles podem gerar. É a métrica que até os principais anunciantes adoram avaliar.

Mas como todo mundo coloca tanta ênfase em como gerar tráfego, muitas empresas não conseguem aproveitar ao máximo seus leads depois de obtê-los.

O marketing pós-clique visa corrigir isso. Para ser franco, o objetivo do marketing pós-clique é maximizar o ROI e LFV dos leads e clientes.

32. Marketing Pay-Per-Click (PPC)

Esse tipo de marketing é qualquer tipo de publicidade digital que cobra uma empresa toda vez que alguém clica em seu anúncio [independentemente da ação subsequente].

O Google Ads é uma estratégia de PPC. Uma empresa criaria um anúncio, definiria um orçamento e seria cobrada por cada clique em seus anúncios.

33. Marketing de Saída (Outbound marketing)

O marketing de saída promove um produto ou serviço para pessoas que não queriam comprar nada

Um outdoor é um bom exemplo de marketing de saída. 

Se você está dirigindo andando e vê algum sinal anunciando comida ou bebida de algum tipo, isso geralmente faz com que você sinta fome ou sede (independentemente de você realmente estar).

34. Marketing de Entrada (Inbound Marketing)

O marketing de entrada ou inbound marketing é uma estratégia focada em fazer com que os clientes encontrem e se conectem a você, e não o contrário. É o oposto do marketing de saída.

A principal estratégia de marketing de entrada é a otimização de mecanismos de busca [SEO].

Se você tiver uma classificação alta em um resultado de pesquisa para uma palavra-chave comercialmente valiosa, atrairá tráfego relevante (e possíveis lead) para o seu site no piloto automático, mesmo enquanto dorme. 

35. Marketing de Banco de Dados

O marketing de banco de dados é o processo de coleta e análise de informações do cliente para implementar estratégias de marketing que geram dinheiro.

Uma empresa pode usar um banco de dados de clientes [ou clientes em potencial] para segmentar seu público-alvo e criar mensagens de marketing personalizadas.

É uma forma de marketing direto que pode ser executada com qualquer método

36. Marketing de Conteúdo

Marketing de conteúdo significa criar e distribuir conteúdo com o objetivo de promover ações positivas.

É uma estratégia de longo prazo. Em vez de se concentrar na venda, o marketing de conteúdo deve agregar valor ao público-alvo primeiro. Isso melhora a percepção da marca e nutre o relacionamento entre a empresa e o consumidor.

37. Marketing de Diversidade

O marketing da diversidade é mais conhecido como marketing cultural, marketing étnico ou marketing multicultural.

Refere-se a reconhecer que os consumidores têm diversas origens e que, adaptando as mensagens, as empresas podem potencialmente fazer mais vendas.

38. Marketing Experiencial 

Marketing experiencial é comercializar uma marca, produto ou serviço através de algum tipo de experiência imersiva. É um tipo de marketing poderoso e altamente eficaz, porque os eventos experimentais se envolvem diretamente com as pessoas. Boas experiências são memoráveis.

39. Marketing Geográfico

O marketing geográfico [ou geo-marketing] envolve a incorporação de inteligência geográfica em uma campanha de marketing.

Se, por meio da coleta de dados, uma empresa souber que a maioria dos clientes vive em uma cidade específica, poderá comercializá-la diretamente para eles.

Por se basear em fatos e estatísticas, o marketing geográfico ajuda a reduzir o risco de falhas nas campanhas.

40. Marketing Verde

O marketing verde é o tipo de marketing que usa um ângulo ecológico para promover uma marca ou produto.

Hoje, se um produto é considerado “verde”, ele oferece ao proprietário do produto uma vantagem significativa de venda. Mas o marketing verde não se preocupa apenas em destacar quais produtos que são ecologicamente corretos e quais não são.

O marketing verde também se refere ao posicionamento da marca. Por ser uma empresa ambientalmente amigável, uma empresa exibe certos valores que podem influenciar os consumidores.

41. Marketing de Influência

O marketing de influência é o conceito de marketing de algo para uma pessoa específica, alguém que exerce certo grau de influência sobre um determinado público.

Um influenciador pode ser uma celebridade, uma pessoa com um forte histórico de vendas, um autor conhecido ou alguém com um grande número de seguidores no Instagram ou no Youtube, por exemplo. (Digital influencer).

Independentemente disso, ao estabelecer um relacionamento com um influenciador, é possível alavancar sua posição e expandir sua marca rapidamente.

42. Marketing de Massa

O marketing de massa é o tipo de marketing com a intenção de vender algo para o maior número possível de pessoas. Não há requisitos para a construção de relacionamentos ou mensagens sob medida; o foco está no volume de vendas.

Algumas empresas são capazes de executar estratégias de marketing relevantes para um amplo público. Na realidade, para a maioria das empresas, o marketing de massa servirá apenas para gerar muitos leads de baixa qualidade.

Outro nome para marketing de massa é marketing metralhadora (atira o máximo de vezes possível para todo canto).

43. Marketing de Nicho

As empresas usam o marketing de nicho quando identifica uma lacuna no mercado de um produto ou serviço que se aplicaria apenas a um público específico.

Um bom produto médio em um nicho de mercado específico geralmente pode ganhar mais dinheiro do que um produto ruim / médio em um mercado de massa.

44. Marketing Ofensivo

Muitas vezes, o marketing ofensivo e antiético acontece quando uma marca ataca as fraquezas de um concorrente enquanto destaca seus pontos fortes.

É claro que as empresas não podem realmente ofender rivais específicos, então costumam fazer isso de maneira indireta [onde ainda é bastante óbvio a quem eles estão se referindo].

45. Marketing One to One

O marketing one to one (que significa como marketing um para um e que  também é conhecido como marketing cara a cara) é uma estratégia que depende de conhecer as escolhas individuais feitas por um cliente e, em seguida, adequar o alcance de marketing a cada cliente de maneira diferente com base nessas escolhas.

Marketing one to one ou marketing 1 para 1 é um tipo de marketing direto no qual um vendedor se comunica diretamente com alguém.

Essa pessoa é alguém que a empresa alveja deliberadamente. É uma estratégia de CRM que se concentra em interações personalizadas com clientes ou clientes em potencial. CRM significa Customer Relationship Management, que traduzido significa Administração de relação com o cliente.

É uma abordagem que não necessariamente é usada para chamar a atenção do cliente, mas para manter a atenção e os negócios dele.

Conclusão – Qual Tipo de Marketing Você Usa?

Talvez você tenha usado para ter uma ideia dos tipos de estratégias de marketing que você pode executar para o seu negócio.

Talvez você esteja estudando marketing e procurando uma definição rápida ou tentando ver exemplos de certas estratégias de marketing.

Independentemente disso, esperamos que você tenha achado este artigo útil.

Quer um Ebook GRATUITO com as 152 melhores estratégias de Marketing Digital de 2020?